Notícias sobre o Mercado

Notícias sobre o Mercado

Limpeza ecológica e verde é cada vez mais valorizada

A limpeza ecológica (do inglês, green cleaning), por meio de métodos, equipamentos e produtos com substâncias que tenham menor impacto ao meio ambiente, ganha cada vez mais espaço nas empresas, condomínios e lares. Por isso, na Semana Mundial do Meio Ambiente, a Associação Brasileira do Mercado de Limpeza Profissional (Abralimp) reitera a importância da responsabilidade ambiental no segmento de limpeza.
“A data é uma oportunidade para reforçar o valor da utilização de tecnologias e processos sustentáveis como um forte diferencial competitivo das atividades das prestadoras de serviços de limpeza profissional e dos fabricantes e distribuidores de máquinas, equipamentos e químicos”, afirma Paulo Peres, presidente da Abralimp. De acordo com ele, a proteção à saúde das pessoas e a preservação do meio ambiente fazem parte da missão das empresas que atuam no setor.
Ele reforça que, atualmente, existe uma demanda crescente de empresas e consumidores que valorizam e querem produtos e processos de limpeza sustentáveis e que o treinamento correto dos profissionais que atuam neste segmento é fundamental. “O mercado oferece soluções eficientes, redução de custos e otimização de energia e água.”

 

Certificação ecológica

A Abralimp, por sua vez, firmou uma importante parceria com a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), com o intuito de desenvolver e estabelecer padrões de qualidade para a limpeza profissional no que tange à sustentabilidade.
O Rótulo Ecológico é uma certificação que, além de criar um diferencial competitivo, possibilita aos associados ampliarem sua atuação no mercado. Existe uma demanda abrangente de usuários finais que procuram empresas com essa certificação para que mantenham boa pontuação e as vantagens que o selo Leed (do inglês Leadership in Energy and Environmental Design) concede.
Entre os benefícios do Leed estão: a diminuição dos custos operacionais e dos riscos regulatórios, a valorização do imóvel para revenda ou arrendamento, o aumento na velocidade de ocupação e, até mesmo, da retenção, a modernização e menor obsolescência da edificação. Tudo isso além dos fatores sociais e ambientais, como o uso racional e redução da extração dos recursos naturais, a redução do consumo de água e energia e a implantação consciente e ordenada.

Limpeza sustentável

Ainda no aspecto sustentabilidade, a redução do consumo de água na limpeza é uma das formas mais eficazes de estarmos alinhados à preservação do meio ambiente. Confira 6 dicas da Abralimp para economia de recursos hídricos.

1) Enceradeiras industriais
Por meio da enceradeira industrial, indicada para diferentes pisos, é possível limpar com eficácia e rapidez superfícies que somente com água, detergente e vassoura não seriam possíveis. Além disso, o equipamento possui ação mecânica excelente, trabalhando com pouquíssima água aliada ao produto químico adequado.

2) Lavadoras de alta pressão
Grandes áreas como pátios, garagens e estacionamentos, por exemplo, precisam ser limpas constantemente e a lavagem é inevitável. Neste cenário, o uso das lavadoras de alta pressão é uma alternativa eficaz para a economia de água. Segundo os especialistas da Abralimp, a lavadora recebe a água da torneira, aumentando consideravelmente a pressão e diminuindo a vazão comparada a uma mangueira convencional. Com essa pressão maior, a limpeza é mais rápida, ou seja, o tempo é muito menor para lavar áreas próximas a piscinas, por exemplo, do que com a utilização de uma mangueira, além da melhor qualidade final. As vantagens sustentáveis deste equipamento não param por aí. Existem também outros grandes fatores positivos, como a redução do uso de produtos químicos, de tempo e de esforço físico. O usuário não precisa utilizar uma vassoura para esfregar, por exemplo, pois a lavadora faz o exercício físico em seu lugar.

3) Implantação do sistema de reuso de água em condomínios
O reuso da água da chuva para fins não potáveis é uma ótima alternativa que os condomínios encontram para a diminuição do consumo de água. Atualmente, muitas edificações já contam com um sistema de captação de águas pluviais por meio de um reservatório. O que acontece é que essa água é bombeada para fora do condomínio, ou seja, para a rua. Desta forma, sugere-se alterar essa saída para dentro do edifício, uma vez que a água captada poderá ser utilizada na limpeza das áreas comuns e na rega de jardins, por exemplo.

4) Sistemas de limpeza Spray Mop
Os Mops são bastante versáteis tanto para recolher partículas soltas (pó) como para limpeza úmida e aplicação de ceras e acabamentos em superfícies lisas horizontais ou verticais. Utilizados nas tarefas de manutenção da limpeza, o sistema de spray aplica as soluções por meio de jatos dirigidos. O refil de microfibra encaixado na base promove uma limpeza mais eficaz por conta da capacidade de absorção e também da ação de limpeza mecânica que exerce sobre as superfícies. Podemos destacar também a vantagem de estar com solução sempre isenta de contaminação, além de um rendimento médio estimado de 100m²/l.

5) Panos coloridos de microfibra e borrifadores
Não soltam pelos e, diferente dos panos de algodão convencionais, absorvem mais água e sujidade. Recomenda-se a utilização de panos coloridos para separação por ambientes ou por tarefas. A lavagem pode ser realizada em um único passo: colocá-los juntos de molho em solução com detergente neutro líquido e depois torcer. Não utilizar amaciantes ou alvejantes.

O borrifador também é um acessório pouco lembrado que faz muita diferença no processo da limpeza, podendo ser usado com gatilhos coloridos para separação dos produtos utilizados, o que ajuda a evitar a contaminação cruzada. O resultado é facilidade e economia de água.

6) Balde espremedor com divisórias para duas águas
O equipamento é composto de balde duplo com divisória fixa, espremedor, cabo, refil mop e garra. Na parte dianteira do balde coloca-se a solução de água com produto de limpeza, a ser aplicada no piso; e na parte traseira a água limpa para enxague do refil mop. O balde espremedor promete utilizar apenas 30% do volume de água, se comparado à limpeza convencional. Este sistema também permite excelente ergonomia para o usuário. Garante uma limpeza mais eficiente e com uso racional de químicos e da própria água, resultando em duplo benefício com a diminuição do impacto ambiental e maior segurança para o usuário.

Compartilhe este conteúdo: